Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Mobile: Android Developer ou iOS Swift?

Existem no mercado de desenvolvimento mobile duas plataformas muito importantes: Android Developer e iOS Swift. Juntas, elas dominam o segmento, sendo que quem quer trabalhar nessa área deve, de cara, aprender pelo menos uma delas — ou ambas.

É natural que quem está começando tenha a dúvida: qual aprender primeiro? Há vários pontos a se considerar. Para começar, é preciso saber que ambas têm vantagens e desvantagens que devem ser levadas em conta na hora da decisão.

Pontos a se considerar

É preciso dizer que Android é a plataforma que domina hoje o mercado de dispositivos móveis. Está bem à frente do iOS em quantidade de dispositivos e continua crescendo.

Há muitas razões para isso, mas a principal delas é que o Android está espalhado em aparelhos de diversas marcas com características e configurações muito distintas. Já o iOS só vai nos aparelhos da Apple.

Veja, a seguir, os principais pontos de diferenciação entre as plataformas:

Custo

O maior custo quando se começa a desenvolver algo em uma linguagem nova é o tempo dedicado a aprendê-la. Quando pensamos, porém, em custos efetivos — ou seja, dinheiro gasto no processo —, o Android requer bem menos que o iOS:

  • a ferramenta de desenvolvimento do Android se chama Android Studio e é distribuída gratuitamente pelo Google;
  • todos os aplicativos desenvolvidos em Android ou iOS podem ser emulados diretamente no computador. Se quiser fazê-lo num aparelho, porém, é mais fácil e barato conseguir um com Android;
  • depois que o aplicativo estiver pronto, é mais barato publicá-lo se ele tiver sido desenvolvido em Android do que em iOS: enquanto uma licença de desenvolvedor Android custa US$ 25, a mesma permissão para iOS sai por US$ 90;
  • manter a conta na plataforma do Google é grátis, mas a Apple cobra uma taxa anual de US$ 90.
Resumindo: no quesito custo, o Android leva grande vantagem em relação ao iOS.

Documentação oficial

Ambas as plataformas oferecem documentação oficial muito bem-feita.

A Apple tem um material especial para a linguagem Swift, que é gratuita e de código aberto. Os recursos são bem detalhados, mas estão disponíveis apenas em inglês. Nesse caso, alguns desenvolvedores podem não estar totalmente preparados para estudá-los.

Já o Google tem documentação tão boa e completa quanto a Apple. Aqui, porém, há uma vantagem clara: o material do Android está em sua maior parte traduzido para o português. Neste caso, começar a estudá-lo não requer nada especial.

Resumindo: quando se fala em documentação, o Android mais uma vez está na frente do iOS.

Estabilidade da linguagem

O desenvolvimento para Android requer conhecimento de Java + XML, enquanto o iOS se apoia na linguagem Swift. Enquanto o Java nasceu em 1995 e já completou a maioridade, o Swift é um bebê que existe apenas desde 2014.

Naturalmente, portanto, o Java leva vantagem: tem vários anos de experiência, uma comunidade grande que o discute e ajuda a melhorá-lo, muitos ajustes e atualizações em suas falhas e mais estabilidade. Apesar de ainda ter problemas, tem claramente mais benefícios se comparada à linguagem da Apple.

Resumindo: a estabilidade da linguagem é maior no Android.

Mercado de dispositivos

Dados da Strategy Analytics mostram que 88% dos celulares do mundo usavam o sistema operacional do Google no fim de 2016. A participação no Brasil atinge 95,5%. Ou seja, se seu objetivo é colocar um aplicativo na mão da maior quantidade de pessoas possível, o caminho é desenvolver para Android.

Resumindo: no mercado de dispositivos, o Android ganha do iOS.

Publicação do aplicativo

Publicar um aplicativo Android é bem simples: uma vez que se tenha uma conta, basta fazer algumas configurações, esperar até 48 horas (em geral, espera-se bem menos que isso) e voilà: seu app está disponível na loja.

Na AppStore, o processo é bem mais demorado, apesar de a Apple já ter melhorado muito seu sistema de review. O aplicativo é avaliado por pessoas reais, que o verificam como um todo. Ou seja, a aprovação vai demandar algumas semanas até que o app possa ser vendido na loja (se for aprovado).

Resumindo: no momento da publicação, o Android oferece mais facilidades que o iOS.

Depois de investigar todos os pontos anteriores, você provavelmente deve ter decidido seguir carreira como desenvolvedor Android — afinal, o sistema leva vantagem em todos os quesitos. Antes de escolher, porém, é importante avaliar outros detalhes.

Mobile: android developer ou ios swift

Salários

Uma análise simplista do mercado leva muitos desenvolvedores a optarem por se especializar no desenvolvimento para Android. Isso acaba tornando a atividade saturada desses profissionais. Naturalmente, então, seu valor de mercado acaba sendo menor do que o de um desenvolvedor iOS.

Variedade de dispositivos

Existe uma variedade muito grande de aparelhos Android. Como é uma ferramenta de código aberto, pode ser modificada por qualquer um e os dispositivos que a usam podem apresentar diferentes problemas quando executam um aplicativo. É, portanto, muito difícil saber como um app vai reagir num aparelho com Android.

Na outra ponta, o ambiente iOS é extremamente controlado pela Apple. A quantidade de modelos que usam o sistema é bem menor, apenas a Apple pode modificá-lo e os aplicativos passam por um controle de qualidade bastante rigoroso. Com tudo isso, os apps criados para iOS acabam sendo mais estáveis e, claro, amigáveis.

Moderno e enxuto

Por ser mais moderno, o Swift é muito mais enxuto: uma linha enorme de código em Java vira apenas alguns comandos em Swift — que é muito mais rápido e simples para programar.

Venda de aplicativos

É comum que os aplicativos Android sejam gratuitos, e os feitos para iOS, pagos. Para que um app pago seja comprado na Google Play, ele precisa provar muita coisa antes. Já na AppStore, é comum que mesmo os aplicativos mais simples sejam cobrados.

Há inúmeras teorias para isso, mas, em geral, quem paga o preço (bastante alto para o que oferece) de um iPhone está preparado para comprar apps para ele. A tendência, portanto, é conseguir vender mais na loja da Apple do que na loja do Google.

Equipamento

Para desenvolver aplicativos para iOS, é preciso ter um computador da Apple. O investimento em um modelo da marca é bem mais alto do que em um equipamento comum.

Em resumo, há vantagens e desvantagens nas duas plataformas. Cada desenvolvedor deve pensar em todos os prós e contras na hora de decidir qual sistema adotar. Nada impede, porém, que você comece com uma e depois abrace também a outra ou que aprenda ambas simultaneamente. Mãos à obra!

Gostou deste conteúdo sobre desenvolvimento mobile? Assine nossa newsletter e fique sempre bem informado!
[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados