Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Perfil comportamental: o que é e os benefícios de usá-lo na sua empresa

Cada pessoa é única e possui sua própria forma de agir nas mais variadas situações. Isso se deve a influências externas que contribuem na formação do caráter de cada uma, como a cultura, o tipo de criação e o ambiente.

Compreender o próximo e respeitar essas diferenças é essencial para melhorar a convivência e garantir a harmonia em qualquer ambiente de trabalho. Afinal, um setor empresarial agradável garante mais afinidade e produtividade.

No entanto, para obter sucesso nisso, é necessário realizar um estudo de perfil comportamental e colocá-lo em prática na empresa — ou melhor, é preciso saber identificar o perfil de cada colaborador para definir em quais funções eles se adéquam mais.

Quer conhecer os perfis mais comuns? Então continue lendo este artigo.

Nele, mostraremos as principais características de personalidade e como é possível aproveitar esses conhecimentos para melhorar o desenvolvimento da sua equipe.

Grupos de perfis comportamentais

Antes de avaliar as pessoas e descobrir seus potenciais conforme o perfil comportamental de cada uma delas, é preciso descobrir o motivo de tal classificação. Porém, não se assuste! Este processo é bastante simples, pois são analisadas as características dominantes de cada um desses perfis. Confira abaixo 4 deles:

Comunicadores

Perfil comportamental - comunicador

Os comunicadores são do "povão": falam muito, têm carisma, são extrovertidos, não conseguem ficar parados e se adaptam às situações com facilidade. Esse tipo de perfil é um participante nato, absorvendo os assuntos com rapidez e rendendo mais em atividades que envolvem movimentação.

Indivíduos com essas características necessitam de contato interpessoal e de um ambiente agradável. Procuram fazer amizade com todos e gostam de trabalhar em equipe. Entretanto, é bom lembrar que, salvo exceções, são excessivamente otimistas e vaidosos.

Executores

Perfil comportamental: executor

Os executores são muito autoconfiantes, gostam de dominar as situações e, em alguns casos, podem ser bastante autoritários. Procuram aceitar as coisas rapidamente e gostam de enfrentar obstáculos, possuem senso competitivo e não hesitam em defender suas opiniões e pontos de vista.

Planejadores

Perfil comportamental: Planejador

Os planejadores são pessoas calmas, prudentes (característica muito valiosa, diga-se de passagem) e transmitem tranquilidade aos colegas. Dificilmente reclamam da rotina de trabalho e respeitam normas e regras com facilidade. Gostam de fazer amizades com pessoas mais ativas.

Tomam decisões sem pressão e, geralmente, fazem uso do bom senso em situações críticas. São flexíveis em relação à mudanças e dificilmente ficam irritados, por isso são bons candidatos à vagas administrativas, por exemplo.

São pacientes, conservadores, passivos e recordam muitas coisas em relação aos outros perfis. Por esse motivo, alguns deles carecem de criatividade.

Analistas

Perfil comportamental: Analista

Os analistas têm boas habilidades profissionais e uma enorme capacidade criativa. Preocupam-se com o fluxo operacional e são muito rígidos consigo mesmos. São pessoas muito discretas e falam pouco, além de detalhistas, cuidadosos, ágeis e inteligentes.

Eles gostam de buscar conhecimento e têm facilidade de realizar tarefas detalhadas ou de soluções rápidas; controlam processos como ninguém e gostam de quebrar a cabeça para resolver problemas. Além disso, alguns deles costumam ser bons desenhistas.

Na rotina das empresas, são os mais pontuais e se comprometem totalmente com as atividades propostas. Seus grandes problemas são o pessimismo exacerbado e a sensibilidade a críticas, que podem imobilizá-los profissional e criativamente.

A importância de utilizar o mapeamento de perfil comportamental

Após conhecer os perfis predominantes do meio empresarial, você precisará fazer um mapeamento de perfil comportamental, que nada mais é do que um processo de identificação de competências.

Para fazê-lo, é preciso realizar testes, simulações, entrevistas e/ou dinâmicas em grupo, considerando vários fatores como capacidade mental, motivações, interesses e limitações.

Os testes são elaborados de forma estruturada, com perguntas simples e diretas para coletar as percepções e vocações dos profissionais avaliados. Padronizar esse processo garante um diagnóstico mais preciso do perfil do profissional.

A fim disso, é necessário contar com a colaboração de pessoas capacitadas que possam interpretar as informações coletadas para utilizá-las da melhor forma, independentemente da situação do avaliado — em um processo de recrutamento, um planejamento de treinamentos ou a identificação de talentos ocultos na empresa.

Por meio do mapeamento de perfil comportamental, é possível descobrir inúmeras competências e preferências, bem como as características individuais de cada pessoa, como:
  • nível de maturidade;
  • poder de comunicação;
  • poder de persuasão;
  • pensamentos criativos;
  • ética e integridade;
  • capacidade de tomada de decisões;
  • grau de comprometimento, entre outras.
Todos esses parâmetros ajudam a diagnosticar o perfil exato da pessoa avaliada, sendo relevantes para melhorar o processo de recrutamento e seleção. Com o mapeamento, você consegue comparar o perfil do candidato às obrigações exigidas para ocupar a vaga.

Para tal, é preciso listar todos os requisitos, como experiências, certificações, especialidades e conhecimentos técnicos, além dos requisitos comportamentais mais valorizados pela corporação para que o profissional possa conduzir suas funções adequadamente.

É necessário garantir também que haja compatibilidade entre os aspectos pessoais do candidato e a cultura organizacional. Esse fator é essencial para garantir a retenção de talentos e criar políticas de planos de carreira.

Benefícios de aplicar o perfil comportamental

Aplicar o perfil comportamental lhe permite realizar uma gestão de pessoas mais assertiva, eficiente e enxuta. As técnicas voltadas ao capital humano resultam também na redução de custos operacionais — portanto, são fundamentais para aprimorar a gestão da empresa.

Vale ressaltar que muitos desligamentos ocorrem por desvios de comportamento, baixo rendimento, baixa expectativa de crescimento profissional, entre outros motivos. Veja abaixo os motivos que podem lhe convencer a aplicar essa técnica no seu setor:
  • Diminuição da taxa de turnover

Altas taxas de turnover causam enormes prejuízos para a empresa, principalmente por causa das obrigações trabalhistas. Deste modo, os despedimentos abocanham grandes despesas financeiras, que podem ser remediadas por meio da implantação do perfil comportamental para garantir admissões mais certeiras.
  • Redução de custos com a recolocação de profissionais

Assim que ocorrem as demissões, é preciso coordenar novos recrutamentos, e esse processo exige custos adicionais, consumindo tempo e dedicação dos recrutadores da própria organização ou da contratação de uma empresa capacitada para tal função. Se você fizer uso do perfil comportamental, economizará tempo e dinheiro.
  • Menos gastos com integração e treinamento

Vale incluir nesta pequena lista os gastos com os procedimentos de integração e com os treinamentos realizados ao profissional demitido. Com ele, há grande desperdício de recursos e investimentos. Durante a execução dos testes comportamentais, você faz valer esses procedimentos a longo prazo.
  • Qualidade dos produtos e serviços

Vagas em aberto costumam sobrecarregar o restante dos colaboradores, principalmente se o processo de contratação demorar mais do que o esperado. Com isso, podem surgir outros problemas, como o acúmulo de trabalho, a necessidade de cumprir horas extras e a diminuição dos índices de motivação.

Com o perfil comportamental, você garante que sua equipe permaneça completa sempre, garantindo a harmonia das atividades, a qualidade dos produtos e a melhoria do clima organizacional.

O que achou deste post? Compartilhe-o nas redes sociais para disseminar essas informações e soluções corporativas entre seus colegas!
[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados