Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Entenda o que é lógica de programação

O desenvolvimento de toda tecnologia tem como base a lógica de programação. Estamos entrando na quarta revolução industrial, na qual tecnologias emergentes estão mudando as formas de trabalho e o jeito de fazer negócios e gerando novos produtos. Conceitos como cidades e carros inteligentes, big data, internet das coisas e inteligência artificial estão sempre presentes nas rodadas de investimento das empresas e nos novos negócios.

Startups de tecnologia brotam a todo instante, e o mercado de trabalho tem uma demanda latente por profissionais qualificados para atuar como desenvolvedores de software.

O que é lógica de programação?

É um conjunto de regras e conceitos que norteiam a criação de um código escrito para uma máquina. Isso faz com que os dados recebidos por ela (por exemplo, no smartphone, caixa eletrônico, formulário de uma loja virtual) possam ser convertidos em informações que serão compreendidas por pessoas ou outras máquinas, seguindo alguma regra preestabelecida.

Como é utilizada?

A lógica de um sistema é estruturada por algoritmos. Estes são sequências de ações que são executadas sobre dados, a fim de transformá-los em informações que gerem valor. Essas regras são estabelecidas por modelos de negócio, que podem ser:

  • regras para o cadastro em uma universidade;


  • preferências para que uma rede social atualize seu feed de notícias;


  • etapas para a realização de uma transação bancária;


  • perguntas que levam um paciente a indicar os sintomas de uma doença etc.


Quaisquer regras seguidas pelas pessoas em sociedade ou leis da natureza podem ser convertidas em algoritmos, desde que sejam bem conhecidas e que se tenha modelos capazes de levar à reprodução de resultados semelhantes com base em dados de entrada em comum.

Para definir um fluxo de informação de maneira lógica em um algoritmo, temos as seguintes ferramentas:

  • Estruturas de controle: determinam se uma ação pode ou não ocorrer. Por exemplo: um carro trafega por uma via e encontra um semáforo. Se o sinal estiver vermelho, ele deve parar. Se estiver verde, ele pode seguir. Se estiver amarelo, deve reduzir a velocidade ou avançar, caso esteja próximo o suficiente do semáforo para passar por ele antes de fechar.


  • Laço de repetição: determina uma condição para que uma ação seja repetida. Uma vez encontrada, ela deve ser interrompida. Exemplo: dirija até chegar à faculdade.


  • Armazenamento de dados: bancos de dados, arquivos de texto, memórias de dispositivos eletrônicos etc.


  • Tipos de dados: categorização das informações, que indicam como deverão ser processadas. Por exemplo, como texto, números inteiros ou frações.


  • Variáveis: são estruturas análogas às variáveis que se aprende em matemática: “x = 2", "x = y”. São utilizadas para armazenar os valores de dados enquanto são trabalhados pelo algoritmo.

O que é lógica de programação?

O que são linguagens de programação?

Para o desenvolvimento de uma aplicação é necessário que o algoritmo seja escrito em uma linguagem de programação, por meio da qual ele é convertido em linguagem de máquina (bits) e gravado em arquivos. Em um sistema operacional (como Windows, Android, Linux, IOS), os algoritmos são lidos e se tornam um programa como o seu navegador web, rede social, editores de texto ou aplicativos no smartphone (é o que acontece quando se instala um programa ou app).

Alguns exemplos de linguagens de desenvolvimento são:

Aprender lógica de programação é o primeiro passo para se tornar um desenvolvedor de sistemas. A partir daí, você passa a estar preparado para aprender uma ou mais linguagens, preferencialmente aquela(s) mais apropriada(s) para o tipo de aplicativo que deseja desenvolver (como web, mobile, desktop, sistemas embarcados). Existem diversos cursos livres para isso, o que ajuda a melhorar o seu currículo e a ter mais chances de participar de processos seletivos para estágios e empregos em TI.

Você está interessado em programação? Gostaria de saber mais sobre o mercado de desenvolvimento de software e sobre como se preparar para conseguir uma vaga nessa área, que oferece muitas oportunidades? Siga-nos em nossas redes sociais para receber informações sobre cursos, dicas e muito mais — estamos no Facebook, Google+, Twitter e LinkedIn.
[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados