Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Entenda o que é e como aproveitar o mercado geek atualmente

Eles deixaram de ser os esquisitos da escola. Os nerds de antigamente assumiram um estilo de vida que, hoje, influencia uma grande parcela de jovens.

Conhecidos como geeks, formam um grupo de consumidores fiéis e exigentes que gostam de tecnologia, quadrinhos, filmes e jogos e movimentam um setor bem lucrativo: o mercado geek.

Nesse meio, estão lojas especializadas em objetos para colecionadores, decoração, bonecos toy art, roupas, quadrinhos, além de cursos, feiras, eventos e maratonas de games dirigidos a esse público cada vez mais engajado.



Sabendo desse cenário promissor, entenda o que é e como aproveitar o mercado geek!

Quem são os geeks?

Para entrar no mercado geek, você precisa, antes de mais nada, conhecer esse público tão específico. E saber de algo muito importante: ser geek está na moda!

Um dos grandes responsáveis por romper com o antigo estereótipo do nerd foi o criador do Facebook, Mark Zuckerberg, um ícone da cultura geek.

Apaixonados por esse estilo de vida, os jovens veem, nos produtos e marcas escolhidos, parte de sua própria identidade pessoal e, por isso, são exigentes no momento da compra.

Quando gostam de um filme, por exemplo, aprofundam-se nos detalhes — quem é o diretor e o seu histórico, ou como foi a produção da película. E geralmente essa galera está nas pré-estreias. Sim, porque exclusividade também é com os geeks!

Em seguida, começam a comprar os produtos relacionados aos filmes: canecas, chaveiros, bonecos dos personagens — uma forma de consumir entretenimento que está ganhando cada vez mais espaço.

Hoje, o público geek é formado principalmente por homens — apenas 30% são mulheres — de 18 a 35 anos que passam, em média, 84 horas por mês na internet.

Dentre eles, 25% gostam de jogos e, um dado interessante: 32% têm um canal no Youtube. Isso quer dizer que os geeks também são influenciadores, o que explica o crescimento desse grupo de consumidores.

O que é o mercado geek?

Para o geek, não basta ter um interesse ou um hobby: ele tem que mostrar! E como fazer isso? Consumindo.

O mercado percebeu o aumento e a potencialidade desse público e focou no nicho geek, oferecendo todo tipo de produto e serviço.

Temas como Star Wars, O Senhor dos Anéis, Star Trek, Arquivo X, Doctor Who, The Big Bang Theory, Matrix, Pokémon, DC, Marvel, games de maneira geral, certos filmes da década de 1980, cultura pop, entre outros interesses estão estampados nos mais variados objetos vendidos online ou em lojas físicas.

Os pontos comerciais fixos apostam em um ambiente que seja a cara dos geeks, onde, além de comprar, eles possam passar um tempo e interagir. Enquanto isso, as lojas virtuais tentam se antecipar, sempre oferecendo algo exclusivo ou os últimos lançamentos.

Como a internet potencializou esse mercado?

É na internet que o geek se sente em casa. Potenciais consumidores estão nas redes sociais trocando informações em grupos e fóruns. E o mercado geek usa esses canais para se aproximar do seu público.

Cerca de 57% dos geeks afirmam realizar compras online com frequência, o que explica o crescimento de lojas virtuais e sites especializados.

Aliás, a tecnologia atrai muito o público geek. Entre todos os interesses desse grupo, o que mais movimenta dinheiro é o mercado de videogames, que nunca esteve tão bem no Brasil. São cerca de R$ 2,6 bilhões por ano no país entre compra de jogos novos e usados, aluguéis e downloads.

Muitos youtubers famosos eram fanáticos por games e resolveram dividir essa paixão, o que é típico dos geeks, criando canais de grande acesso.

As marcas logo perceberam o potencial desses novos influenciadores, que, hoje, contam até com agências especializadas para negociar com patrocinadores. O faturamento mensal de um youtuber fica entre R$ 10 mil e R$ 40 mil.

O que é um evento geek?

Os eventos geeks têm mostrado a força desse público no país. Trata-se de um verdadeiro playground para os amantes da cultura pop. Geeks e expositores sempre terminam o dia contentes: as vendas geralmente ficam acima do esperado.

A Comic Con, por exemplo, já teve três edições no Brasil. Na última, em 2016, em São Paulo, passaram por lá nada menos do que 180 mil pessoas. Essa foi a maior Comic Con do ano, ultrapassando as outras 40 que aconteceram ao redor do mundo.

Geeks fantasiados, ou melhor, fazendo cosplay andavam por entre os estandes com sacolas abarrotadas de figuras de ação, bonecos de coleção, entre outros itens. Faziam filas levando os seus quadrinhos favoritos para serem autografados. Dessa forma, os expositores faturaram cerca de R$ 18 milhões.

É precisa entender e participar com seu público no mercado geek

E esse está longe de ser o único evento geek. Há todo um calendário! As maratonas de games, por exemplo, atraem milhares de participantes, com jogadores profissionais e torcidas organizadas.

Como se preparar para esse mercado?

Sem dúvida, os números impressionam. Mas, para entrar no mercado e não ter um negócio artificial, é preciso estar preparado e entender desse nicho.

Para explorar o mercado geek da melhor forma, fique atento a alguns pontos:

1. Divulgação

Participe de feiras e eventos. Isso, sem dúvida, ajudará a divulgar a marca e atrairá novos clientes;

Tenha as redes sociais como grandes parceiras, assim como os sites especializados. Seus clientes em potencial estão nesses espaços;

Geeks adoram trocar informações e falar sobre seus interesses. Participe de fóruns e grupos online.

2. Fornecedores

Assim como em qualquer negócio, é importante ter uma rede de fornecedores de confiança; Geeks gostam de novidades. Por isso, não faça grandes estoques; Trabalhe com encomendas por demanda.

3. Fidelidade

Esse público é exigente e conhece a fundo o produto. Para cativá-lo, ofereça sempre boas sugestões, fale sobre os últimos lançamentos e seja atencioso;

Envie uma newsletter com os produtos que acabaram de chegar e ofereça descontos para os clientes antigos;

Promova encontros em sua loja ou em algum espaço público.

4. Funcionários

Em um mercado tão específico, os funcionários devem estar preparados para oferecer informações detalhadas sobre os produtos;

Dependendo do tipo de negócio, também é importante que dominem a tecnologia. Uma formação em e-commerce, por exemplo, pode ser necessária.

A tendência para 2017 é de que esse nicho siga crescendo. E prometem agitar ainda mais o mercado alguns lançamentos no cinema: Liga da Justiça, Guardiões da Galáxia Volume 2, Logan (Wolverine), Star Wars: Episódio VIII, Spiderman: Homecoming, Alien: Paradise Lost e Blade Runner 2 são apenas alguns exemplos.

Além disso, os lançamentos de diversos livros, quadrinhos e games estão na agenda deste ano. Agora que você já sabe o que é e como aproveitar o mercado geek, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de outros temas que envolvem a tecnologia! Estamos no Facebook, no Twitter e no LinkedIn.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados