Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

4 erros comuns ao construir um plano de carreira que você deve evitar

Em um mercado de trabalho cada dia mais exigente e competitivo, muitas pessoas já se deram conta da importância de um bom plano de carreira. Afinal, saber aonde se quer chegar e qual caminho percorrer é imprescindível na hora de enfrentar os desafios que se apresentam da melhor maneira possível, bem como ser capaz de identificar e aproveitar todas as oportunidades que aparecerem.

Entretanto, quando se trata desse assunto, é também bastante comum que as pessoas cometam erros, deixando que questões muito importantes passem despercebidas. O resultado? Prejuízos para o futuro profissional.

E justamente para ajudar você a evitar esses equívocos, criando um plano de carreira alinhado com seus desejos e, principalmente, que funcione, listamos os 4 principais erros cometidos pelas pessoas nesse momento. Continue com a leitura e fique por dentro:

1 - Não levar afinidades e preferências em consideração

Por mais que possuir uma gorda conta bancária esteja entre os principais desejos de sua vida, você jamais deve deixar suas afinidades e preferências de lado na hora de planejar a sua carreira. Acredite, isso terá um peso muito significativo em seus níveis de felicidade e qualidade de vida ao longo dos anos.

Afinal, você já pensou (verdadeiramente) em como deve ser trabalhar em algo que não tem nada a ver com você, no mínimo 5 dias da semana, por anos e anos a fio, somente focado no salário? Ninguém é capaz de ficar contente e satisfeito imaginando isso, certo?

Por isso, antes mesmo de escolher qual profissão seguir e aonde você deseja chegar, tire um tempo para fazer uma reflexão sobre suas preferências, habilidades e propósitos de vida.

  • O que você gosta de fazer e o que não gosta?
  • Em que você é bom?
  • Se dinheiro não fosse problema, ao que você dedicaria seu tempo?

Autoconhecimento é fundamental para ter uma vida profissional satisfatória.

4 erros ao construir um plano de carreira que você deve evitar

2 - Não traçar objetivos claros

Com certeza você já ouviu alguma vez o famoso ditado: “para quem não sabe para aonde está indo, qualquer lugar serve”. E, quando se fala de carreira e caminhos profissionais, essa máxima não poderia ser mais verdadeira.

Por isso, tenha claro em sua mente quais são os seus objetivos profissionais e até aonde você deseja chegar. Após traçá-los, coloque-os em posição de destaque no seu plano de carreira, de modo que você nunca se esqueça deles e mantenha o foco.

Mas atenção! É imprescindível que os seus objetivos sejam possíveis de serem alcançados. Possuir metas que exigirão esforço, disciplina e preparação adequada de sua parte são ótimas para que você possa se sentir constantemente desafiado e estimulado. Porém, elas têm que ser realmente factíveis para que a motivação não se perca pelo caminho.

Além disso, você deve ter condições de saber com clareza o que deverá fazer e os passos que deverá dar para chegar aonde planeja. Deseja se tornar o CIO de uma grande empresa?

OK, mas o que você precisa aprender, estudar e fazer para chegar lá? Talvez uma graduação, seguida de uma especialização e fluência total da língua inglesa. Ou quem sabe experiência profissional em determinado cargo ou área de atuação. Seja qual for o seu objetivo, pesquise e determine qual o caminho para chegar lá.

3 - Falta de especialização acadêmica

A dinâmica das relações de trabalho vem mudando de maneira bastante acelerada nos últimos anos. O capital humano passou a ser considerado uma das peças-chave mais importantes para o sucesso de qualquer empresa. Por isso, é cada vez mais comum que profissionais altamente qualificados e destacados em suas profissões sejam disputados pelas organizações.

Dentro desse contexto, se você deseja galgar degraus em direção ao sucesso, seja em uma empresa em específico, seja em sua profissão, investir no aprendizado constante é imprescindível. Especializações, pós-graduações, cursos, seminários, palestras e congressos têm um peso cada vez maior na hora de construir uma carreira sólida.

Ao não deixar essa questão de lado, você estará sempre atualizado e por dentro de todas as novidades de sua área de atuação. Dessa forma, os riscos de você ser “atropelado” por pessoas com mais conhecimento e bagagem acadêmica que você reduzirão de maneira significativa. Então não esqueça dessa parte na hora de montar o seu plano de carreira, OK?

4- Não atualizar o plano de carreira

Felizmente ou infelizmente (dependendo do seu ponto de vista), ninguém é capaz de controlar todo e qualquer aspecto de sua vida e/ou destino. As coisas mudam o tempo todo. Especialmente quando se pensa em fatores externos, que mudam sem que você possa fazer absolutamente nada a respeito.

Pode ser uma oscilação inesperada no mercado, o surgimento de uma oportunidade que você jamais teria imaginado ou algo que faça com que você tenha que gastar suas economias que seriam destinadas ao MBA que você planejou.

Ademais, você mesmo pode mudar. Suas preferências, aspirações e desejos podem não ser as mesmas. Ao traçar um plano de carreira, você está levando em consideração sua situação atual. Isso não é, nem de longe, uma garantia de que no futuro as coisas serão exatamente como você imaginou que seriam.

Dessa maneira, é extremamente importante, de tempos em tempos, atualizar o seu plano de carreira, alinhando-o novamente à sua realidade. De nada adianta investir um tempão pensando e elaborando o melhor plano de carreira do mundo se você guardá-lo em uma gaveta e nunca mais revisá-lo.

Nunca se esqueça de que esse documento é um mapa, contendo dados, informações, prazos e metas que você deseja cumprir profissionalmente. Entretanto, esse é um mapa que pode (e deve!) ser redesenhado e ajustado sempre que houver necessidade. Tenha sempre em mente que flexibilidade é, antes de tudo, sinal de inteligência e maturidade.

Ao evitar esses 4 erros citados acima na hora de traçar o seu plano de carreira, suas chances de acertar em cheio em seu caminho profissional e construir uma carreira de sucesso e extremamente satisfatória são imensas! Fique atento a essas questões e colha os frutos de ter um plano de carreira adequado e ajustado à sua vida.

E mais: Baixe agora o e-Book gratuito e veja como ser promovido:

Baixe o e-Book Como ser promovido? Guia básico da especialização profissional

Você gostou deste post? Acha que ele foi útil para você? Então siga o Grupo Impacta no Facebook e no Twitter e fique por dentro de todas as publicações do blog em tempo real!

[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados