Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Quais as habilidades profissionais mais importantes para o seu crescimento no mercado?

Mesmo que as empresas busquem um perfil específico para determinado cargo a ser preenchido, há habilidades profissionais que são sempre valorizadas por qualquer recrutador. Então, se seu objetivo é crescer e se destacar no mercado de trabalho, é bom saber quais são essas habilidades e se empenhar em desenvolvê-las.

Acredite: por mais que você seja um indivíduo com personalidade própria, qualidades não são imutáveis como sua altura ou a cor de seus olhos. Habilidades profissionais podem ser adquiridas, desenvolvidas e melhoradas.

Neste post, vamos apresentar algumas das habilidades mais buscadas por empregadores, para que você possa investir em seu desenvolvimento e se destacar como profissional gabaritado no concorrido mercado de trabalho.

Disposição para trabalhar em equipe

As empresas buscam profissionais capazes de cooperar, propor soluções e atuar como parte efetiva de um time. Trabalhar em equipe inclui atuar com confiança dentro de um grupo, contribuindo com suas próprias ideias e assumindo responsabilidades.

Espera-se que você seja assertivo - isto é, nem passivo, nem agressivo - e que aceite e aprenda com críticas construtivas, ao mesmo tempo em que fornece feedback construtivo para os outros membros do grupo.

Habilidade para tomar decisões e sugerir soluções

Qual é o segredo do sucesso? Tomar decisões certas. E o que leva a tomar decisões certas? A experiência. E como se ganha experiência? Tomando decisões erradas!

Acredita-se que o autor dessa ideia seja o ex-presidente da Índia, A.P.J. Abdul Kalam, mas, mesmo que a autoria da citação não seja segura, a importância de se tomar decisões é inegável. As empresas buscam colaboradores que não tenham medo de decidir.

E como tomar decisões mais seguras? Analise o problema cuidadosamente, reúna o máximo possível de informações sobre a situação, faça uma lista de todas as ações aplicáveis ao caso e avalie as consequências de cada uma. Estude a situação em um contexto ampliado e pense em soluções alternativas e criativas para o caso. Seu empregador espera que você traga soluções, e não problemas.

A capacidade de comunicação é uma das habilidades profissionais mais importantes

Capacidade de se comunicar

A comunicação efetiva se baseia na habilidade de expressar ideias e pontos de vista com confiança e clareza, adaptando o estilo de seu discurso de acordo com o ouvinte, ao mesmo tempo em que incentiva a troca de informações.

Além de falar e escrever com clareza, correção de linguagem e ser capaz de transmitir ideias, a comunicação também inclui a capacidade de ouvir com atenção e respeito às opiniões e aos pontos de vista diferentes dos seus. A isso se chama empatia: a capacidade de se colocar no lugar do outro e enxergar as situações sob a perspectiva dele.

Empenho em ser proativo

O mercado de trabalho espera que o profissional mostre proatividade. E o que significa isso? Que as empresas valorizam o colaborador que oferece mais do que sua função exige, que sai de sua zona de conforto, toma iniciativas e sugere estratégias.

Ser proativo é estar preparado com antecedência para intervir e controlar situações, antecipando-se ao problema e oferecendo a solução antes mesmo que ele ocorra.

Demonstração de integridade e honestidade

Um currículo rico em qualificações técnicas pode perder o valor caso o profissional não apresente caráter íntegro e valores éticos alinhados com os da empresa. Integridade e honestidade são qualidades determinantes tanto na vida pessoal quanto no ambiente corporativo. É importante que você cultive a transparência, transmita confiança e mostre-se comprometido com a visão e os valores da empresa.

Os empregadores buscam colaboradores que respeitem padrões e procedimentos, que valorizem a confidencialidade e que questionem comportamentos inadequados.

Capacidade de adaptação e flexibilidade

O mundo corporativo lida com mudanças a cada dia, o que exige profissionais com flexibilidade para lidar com circunstâncias diversas. Os empregadores esperam que você seja adaptável a situações desfavoráveis, disposto a abraçar novas ideias, a abandonar rotinas já consolidadas, se necessário, e a rever paradigmas. Assim, será mais fácil lidar com imprevistos e superar momentos de crise.

E como ser mais flexível e adaptável? Aprenda a aceitar mudanças, mantenha a calma diante de dificuldades, planeje com antecedência e pense em um plano B para acionar se as coisas não correrem bem. Acostume-se a pensar rapidamente e a ter persistência ao enfrentar situações desfavoráveis. Não fuja de desafios, encare-os de frente!

Interesse em aprendizado e qualificação constantes

O mundo globalizado dos negócios muda com rapidez vertiginosa, exigindo habilidade em processar uma imensa quantidade de informações em curto prazo. Não é possível se acomodar e parar no tempo enquanto seus concorrentes ficam mais qualificados a cada dia. Por isso, é preciso disposição para aprender sempre, fazer cursos de qualificação profissional e investir em conhecimentos. Cuide de seu desenvolvimento pessoal e profissional, pois o mercado valoriza os bons.

Há uma grande oferta de cursos e certificações em áreas diversas, como TI, Gestão ou Design, por exemplo. Tais qualificações agregam valor ao seu currículo e contribuem para o desenvolvimento de suas habilidades profissionais. E se o problema for deslocamento ou falta de tempo, você pode investir em cursos online. Não há desculpa para não se manter atualizado, aprendendo sempre mais.

Habilidade em ser criativo e inovador

Segundo o co-fundador da Apple, Steve Jobs, o que diferencia um líder de um seguidor resume-se em uma palavra: inovação. Para encarar a alta competitividade do mercado e se destacarem como líderes, as empresas buscam espírito inovador e criatividade por parte de seus colaboradores.

Os empregadores estão interessados em profissionais que tenham capacidade de pensar criativamente — ou “fora da caixa”, expressão já consagrada no mundo corporativo. São aquelas pessoas que cultivam a imaginação para solucionar problemas, analisando as situações a partir de perspectivas inusitadas.

Pensar fora da caixa significa descartar o óbvio, abandonar pensamentos tradicionais e repensar paradigmas. Tais habilidades profissionais são importantíssimas em áreas como publicidade, marketing, arte e design, mas também são muito valorizadas por empresas de qualquer segmento.

Capacidade de liderança

Ser um líder não implica, necessariamente, estar em posição superior na hierarquia da empresa. Na verdade, a capacidade de liderança é valorizada em qualquer colaborador, independentemente de seu cargo.

Ter senso de liderança significa ser capaz de motivar e direcionar os outros, assumir responsabilidades, estabelecer objetivos, tomar iniciativas e ser perseverante. Um líder mantém atitude positiva diante de frustrações e reconhece seus erros, além de saber lidar com inesperadas mudanças de planos.

Para concluir, além das habilidades profissionais que mencionamos neste post, os empregadores buscam profissionais que mostrem brilho nos olhos, como sinônimo de entusiasmo.

Vale a pena investir em seu desenvolvimento pessoal e profissional para se destacar no mercado de trabalho. Aproveite para ler estas dicas para se sobressair entre a concorrência. Você vai gostar!

[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados