Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Mighty No. 9: Jogo financiado no Kickstarter mostra as dificuldade de criar games

Lançado nessa última terça, Mighty No. 9 é um jogo que chamou a atenção dos fãs antes mesmo de ser criado. Apontado como uma espécie de “sucessor espiritual” dos famosos games da franquia Mega Man, o jogo era esperado por muitos fãs com a promessa de trazer de volta a jogabilidade frenética e cheia de detalhes.

Com a direção de Keiji Inafune, que trabalhou na franquia de Mega Man e criou personagens icônicos, como o Zero, o game foi um sucesso de arrecadação na plataforma de financiamento coletivo Kickstarter, arrecadando quase US$ 4 milhões, sendo que a pedida inicial era de US$ 900 mil.

As principais dificuldades de Mighty No. 9

Porém, o jogo Mighty No. 9 sofreu com diversos problemas desde o seu anúncio, ainda em 2013. Desenvolvido pela Comcept USA em conjunto com Inti Creates, o projeto teve sua data de lançamento atrasada por três vezes, sem contar o novo atraso divulgado essa semana para a versão de Xbox 360.

Inafune chegou a pedir desculpas pelos atrasos aos apoiadores do projeto no Kickstarter. Em entrevista ao site 4Gamer, explicou os motivos dos adiamentos: "Eu aprendi novamente o quão difícil pode ser fazer um game". "[O motivo do atraso] não foi por falta de pessoal, mas por causa da maneira como vamos vendê-lo, e então por mordermos mais do que podíamos mastigar, declarando que ele seria lançado para todos os hardwares".

Mighty no 9 mostra as dificuldades para se criar games

Além dos constantes atrasos, as versões alpha do game também não convenciam os jogadores, aparecendo ainda alguns bugs. E o tão aguardado lançamento não foi menos frustrante. As primeiras análises, tanto de crítica, quanto dos usuários, não foram nada boas.

No site de críticas e reviews Metacritics, o jogo teve nota de apenas 58. Já o site IGN deu nota 5,6, classificando o game como medíocre. As principais críticas são sobre os gráficos e as fases pouco inspiradas e gameplay desinteressante.

Com o lançamento, até mesmo Keiji Inafune, não se mostrou muito feliz com o resultado final do jogo, gerando polêmica ao dar sua visão sobre o game e classificá-lo como “É melhor que nada”. Veja o que disse Inafune: "A verdade é que eles puseram tudo na realização do game. Não tentamos microtransações, nem DLCs para uma renda extra. Está tudo lá. Então, por enquanto é isso que você tem para o mundo de Mighty No. 9. Mas, novamente, se tudo der certo, teremos sequências. Porque, vou te dizer, não estou cheio dos meus jogos de plataforma 2D. E, no final do dia, mesmo que não esteja perfeito, é melhor do que nada. Pelo menos esta é a minha opinião", afirmou.

Mighty No. 9 já está disponível para PlayStation 4,PlayStation 3, PC e Xbox One. As versões para o 3DS, PS Vita, Mac, Linux eXbox 360 serão lançadas em breve, mas ainda sem data divulgadas.

E aí, quer testar o jogo? Ou prefere nem conhecer? Deixe comentário.

Quer entrar para o mercado de games?

Graduação em jogos digitais

Com a graduação em Jogos Digitais da Faculdade Impacta você será capaz de criar e desenvolver games para diversas plataformas como PC, web e mobile. Com conhecimento interdisciplinar, você terá contato com todas as fases do projeto, desde o design, arte visual, áudio, programação, até a gestão de projetos e negócios.

A graduação aborda os conceitos, metodologias e ferramentas práticas para você projetar, implementar e testar jogos digitais, criando roteiros, cenários, personagens, interfaces, regras e jogabilidade, além de poder aplicar técnicas de programação, aúdio e elementos em 2D e 3D.
[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados