Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Que tipo de investidor sua empresa precisa? Saiba identificar!

Atualmente, muito se fala sobre investimento anjo, Fundos de Investimentos, Empresas de Participações, Club Deals/Investiment club, entre outros diversos tipos de investimentos. Com tantas opções disponíveis no Brasil é difícil escolher qual tipo de investidor sua empresa precisa.

Muito vai depender do estágio que sua empresa se encontra, mas algumas informações importantes devem ser apuradas na hora de identificar quem é o parceiro investidor certo para o seu negócio.

Confira o perfil de cada um e saiba que tipo de investidor sua empresa precisa:

Saiba identificar o tipo de investidor que sua empresa precisa

Investidor-anjo - De modo geral, esse investidor aporta seus recursos no momento da validação do negócio ou no pós-validação. O estágio de validação é quando o empreendedor ainda não testou ou desenvolveu seu produto inovador e coloca os recursos para viabilizar que seja construído seu MVP (Produto Mínimo Viável) e teste-o no mercado. O pós-validação é quando o empreendedor já desenvolveu seu produto e está começando a vender ou está disponível para iniciar as vendas em curto prazo.

Os aportes variam de R$ 100 mil a R$ 500 mil.

 

Fundos de Investimentos – Fundos de Seed/Early Stage investem em empresas que já contam com uma tecnologia desenvolvida ou com um modelo de negócio validado. Está validação é mensurada, na maioria das vezes, pela venda - conhecida como validação por mercado. É importante destacar que no Brasil o conceito de Early Stage engloba empresas que possuem do faturamento zero a R$ 3,6 milhões.

Nessas situações, o Fundo é mais flexível e podem aportar de R$ 1 milhão a R$ 6 milhões. Esse tipo de investimento é feito em partes (tranches), que são liberadas quando o empreendedor atinge metas pré-acordadas e estabelecidas em contrato.

 

Empresas de Participações - Há muitas empresas com esse perfil, mas ainda são poucas as que destinam seus recursos para startups. As empresas de participações assimilam-se mais aos Fundos Seed/Early Stage, e a grande diferença é que elas investem recursos próprios, enquanto os Fundos investem recursos dos cotistas.

É possível identificar que as empresas de participações no Brasil - com foco em startups - aportam de R$ 500 mil a R$ 4 milhões.

Club Deals/Investment clubs - O termo tem origem norte-americana e pode ser traduzido como uma “vaquinha entre amigos”. Geralmente quem organiza um Club Deal é um investidor “líder”. Ele aciona sua rede de relacionamento com uma oportunidade específica – geralmente contatos de 1º e 2º graus, e um investidor valida e referencia o outro.

 

Quando o Club Deal é organizado pelo empreendedor, alguns investidores podem ter certas dúvidas. Muitos questionam: “vou ser sócio de mais quem? Quem mais ele está chamando para este investimento?”. Se você possui um investidor interessado no seu negócio, mas o aporte financeiro está alto para ele arcar sozinho, sugira um modelo de Club Deal. Com certeza você terá bons resultados.

Como varia de caso para caso, não existe um montante de investimento específico nesse tipo de negócio. Mas, normalmente, os aportes são superiores a R$ 500 mil - caso contrário, não justifica o esforço de captação.

   

Lembre-se: o objetivo do empreendedor é voltado sempre para o negócio e não para o investimento. Hoje, já aparecem muitos empreendedores que montam suas empresas totalmente voltadas para o aporte financeiro (o foco do negócio é a captação. Empresa, clientes, produtos e tecnologias  ficam renegados ao segundo e terceiro planos). E quando isso acontece, não passa uma boa impressão, pois na análise de investimento a tese acaba parecendo superficial e não se sustentando.

Para fazer a escolha certa, as informações gerais aqui apresentadas vão contribuir na caminhada para captar um investidor. Mas é importante pesquisar bastante e testar todas as alternativas, antes de tomar uma decisão.

Deixe seu comentário e bons negócios!

Tudo que você precisa para acelerar sua startup e atrair investidores

Com o intuito de incentivar a aceleração de negócios e conseguir atrair investidores para sua startup, a Faculdade Impacta lançou o curso de MBA de Aceleração de Negócios, em parceria inédita com a Escola de Investimento. O curso é ministrados por profissionais atuantes no mercado financeiro e que possuem fundo de Venture Capital de própria gestão com mais de R$ 300 milhões para investimento em projetos.

[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados