Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Guia dos itens básicos para uma estratégia de BI

Coletar dados, cruzá-los para gerar informações e analisá-las para gerar conhecimento que auxilie nas melhorias organizacionais por meio de decisões embasadas na realidade do negócio e do mercado. Em síntese, este é o conceito de uma estratégia de BI - Business Intelligence ou inteligência de negócios. Contudo, para que se tire o maior proveito possível desta tática, é necessário unir tecnologia, conhecimento sistêmico e capacidade crítica.

Ao contrário do que muitos pensam, uma estratégia de BI não é indicada apenas para as grandes organizações. As PMEs (Pequenas e Médias Empresas), por disporem de orçamento reduzido e menor capacidade de investimento, devem utilizar de todos os benefícios da inteligência de negócios a fim de reduzir custos, melhor direcionar seus investimentos e gerar maior vantagem competitiva para conseguir serem mais competitivas.

Por isso, no post de hoje você conhecerá 4 itens básicos para elaborar e aplicar uma estratégia de BI em sua empresa garantindo, assim, uma maior rentabilidade para os negócios. Confira!

Gerir conhecimento é fundamental para uma boa estratégia de BI

1 - Cultura empresarial focada em gerar e gerir conhecimento

Você pode contar com a melhor tecnologia e os profissionais mais gabaritados para guiar a estratégia de BI em sua empresa. Contudo, se todos os funcionários não seguirem uma cultura focada em gerar e gerir conhecimento, muito pouco adiantará. Isso porque, para se conseguir as informações necessárias para a gestão deste conhecimento, é necessário que todos os dados sejam devidamente coletados e registrados. Neste contexto, a equipe precisa unir seus esforços garantindo, assim, a confiabilidade e a atualização deles constantemente -afinal, apenas é possível gerar informação e conhecimento a partir do cruzamento deles.

2 - Ter metas e indicadores de performance definidos e difundidos

Após a definição dos objetivos estratégicos de uma organização, é necessário definir quais serão as metas para embasar o crescimento, bem como os indicadores de performance que serão acompanhados. Isso é tão importante para a estratégia de inteligência de negócios quanto ter todos os seus funcionários cientes delas. Afinal, é muito mais fácil fazer com que uma equipe se emprenhe pelos resultados quando sabem o motivo, as necessidades e acompanhem os resultados – já que isto os instiga a querer contribuir para a alta performance empresarial.

3 - Tecnologia: software de qualidade, com boa usabilidade e capacidade para atender a estratégia

Uma estratégia de BI apenas terá sucesso completo se for assegurado que todos os dados coletados, necessários para análise, são confiáveis. Para isso, a melhor forma é contar com ferramentas tecnológicas de qualidade, com boa usabilidade - para não desmotivar a utilização pelos funcionários - e capacidade para integração. Afinal, será necessário cruzar dados diversos para obter o conhecimento necessário para decisões mais certeiras.

Além disso, é indispensável que o processamento destes dados sejam em tempo real, além de terem fácil e rápido acesso. Nesse sentido, mais uma vez a tecnologia vem somar. Isso porque ele propicia mais agilidade não apenas no cruzamento dos dados, mas também para o acesso às informações geradas por ele. Isso significa que em vez de unificar diversas planilhas, reduzir a capacidade produtiva e aumentar o número de funcionários necessários nas organizações para o trabalho, basta que você garanta que todos os processos de cadastro estejam alinhados nos diversos departamentos, configurações de relatórios sejam padronizadas uma única vez – ou apenas quando houver mudanças drásticas de necessidade de análise – e, em seguida, acompanhar constantemente os relatórios para avaliar a evolução de seu negócio perante o mercado.

E você, já utiliza uma estratégia de BI em sua empresa para ampliar os resultados? Já conhece as 5 atitudes vencedoras de um gerente de BI? Deixe seu comentário.

 Conquiste o mercado de Business Intelligence

Pós-graduação em BI tem ênfase em Big Data

Que tal sair da frente e garantir o seu lugar nas melhores posições do mercado? Para isso, nada melhor do que se especializar com a Pós-Graduação em Business Intelligence com Big Data. Além das aulas teóricas, o curso também tem aulas em laboratórios, com softwares fornecidos por parceiros como EMC e SAS.

Quer saber mais sobre o curso? Entre em contato com um consultor através do atendimento online, clicando aqui!

[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados