Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Como o Business Intelligence influencia na tomada de decisão

O mundo globalizado, a velocidade na mudança de cenários econômicos e a formação de um público-consumidor cada vez mais exigente têm imposto a CEOs, CIOs e demais atores do processo gerencial corporativo, o trato diário com uma quantidade crescente de variáveis e a necessidade de tomar decisões de extrema importância em tempo recorde.

Essa incessante pressão por respostas céleres e direcionamentos imediatos tornam impensável gerir uma organização sem o auxílio das ferramentas de tecnologia da informação voltadas ao universo corporativo. A mais importante delas, atualmente atende pelo nome de Business Intelligence.

Nas próximas linhas você entenderá o que é e como esse sistema pode influenciar a tomada de decisões em âmbito estratégico.

Saiba o que é Business Intelligence – BI

O que é Business Intelligence – BI?

Business Intelligence ou, em português, Inteligência de Negócios, é uma tecnologia que auxilia as empresas a tomarem decisões ligadas ao planejamento estratégico da companhia (decisões de topo da estrutura organizacional).

Na prática, o BI é um conjunto de funcionalidades, aplicações e tecnologias que oferecem suporte à gestão de negócio, por meio da coleta, organização e análise de grandes volumes de dados (internos e externos), estabelecendo uma relação de causa e efeito entre todas as variáveis que envolvem o universo da empresa.

Como o Business Intelligence pode influenciar na tomada de decisões?

Uma boa ferramenta de Business Intelligence coleta dados de dentro da empresa (ligados ao seu processo produtivo), metodologias de trabalho, indicativos ligados ao planejamento estratégico, custo marginal no incremento da produção, análise de perdas, etc.

Em seguida, o sistema trabalha com as variáveis externas, envolvendo as pressões competitivas, aspectos macroeconômicos, poder concorrencial, tendências nas expectativas dos consumidores, etc.

É nesse minucioso trabalho de transformação de toda essa montanha de dados brutos em informações relevantes que reside a grande vantagem do BI no cotidiano corporativo. Ou seja, toda a análise desse oceano de dados, que era feita pelos próprios diretores das companhias, hoje pode ser extraída com muito mais rapidez e confiabilidade por meio das soluções em tecnologia da informação!

O que faz uma ferramenta de BI?

  • Oferece uma visão global dos rumos da empresa;
  • Traduz dados em tendências;
  • Cruza os indicadores de desempenho com as metas estabelecidas pela organização;
  • Permite a identificação de falhas nos processos;
  • Confere maior rapidez na tomada de decisões;
  • Permite que informações oriundas dos sistemas de BI sejam acessadas até mesmo a partir de dispositivos móveis (agilidade no acesso às informações).

Atenção: não confunda Business Intelligence com ERP!

Os sistemas de gestão empresarial tradicionais (ERPs) são direcionados para processarem milhares de dados o mais rapidamente possível, mas visam, em geral, ao atendimento das necessidades operacionais de uma empresa.

Por exemplo, no processo de venda de um produto, um bom ERP consegue integrar sistemas de estoque aplicações contábeis, duas áreas que, por mais incrível que pareça, muitas vezes não se comunicam adequadamente dentro da organização.

Assim, na concretização de uma venda, por exemplo, o sistema (ERP) efetua a baixa no estoque da empresa, acrescentando simultaneamente o valor da transação no ativo circulante do seu balanço patrimonial eletrônico. Um sistema de gestão empresarial permite, portanto, a integração total das informações entre os diversos departamentos da empresa, melhorando a comunicação interna e reduzindo falhas no processo de gestão.

Dessa forma, enquanto o ERP torna homogênicos os dados de âmbito operacional, o Business Intelligence os transforma em informações relevantes do ponto de vista estratégico. São, portanto, ferramentas complementares, interdependentes e que, juntas, potencializam de forma significativa os resultados e a gestão da companhia.

O Business Intelligence tem, por fim, ajudado as empresas a encontrar soluções inteligentes para expandir seus mercados, tornando-se, portanto, uma verdadeira bússola do gestor.

Compreendeu o poder dessa solução corporativa construída a partir das inovações na área de tecnologia da informação? Se ficou com alguma dúvida, não saia dessa página sem compartilhá-la conosco! Teremos o prazer em discutir mais sobre o assunto!

Seja um especialista em Business Intelligence

Pós-graduação em BI tem ênfase em Big Data

Agora que você já sabe a importância de um profissional da área de BI, que tal se tornar um especialista e conquistar seu lugar no mercado de trabalho? Conheça a Pós-Graduação em Business Intelligence com Big Data da Faculdade Impacta.

[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados