Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Como e por que obter uma certificação Linux?

O mercado de TI hoje é extremamente competitivo e os jovens já perceberam que há um potencial enorme no setor de tecnologia nos próximos anos. Assim, mais profissionais passam a atuar nesta área e começa um novo ciclo, em que a profissionalização e especialização são um pré-requisito fundamental para que a pessoa possa conquistar um bom lugar no mercado.

Assim, cursos e certificações passam a ser uma constante na vida do profissional de Tecnologia da Informação. E hoje vamos falar de uma das mais importantes no mercado: a certificação Linux, ou certificação LPI (Linux Professional Institute).

O que é a certificação LPI?

LPI é o nome da instituição que fornece a certificação para os profissionais que possuem domínio em sistemas GPU/Linux. Ela é oferecida pela própria empresa Linux, responsável pelo sistema operacional, e é reconhecida internacionalmente por empresas, profissionais e empregadores na área de TI.

Qual a importância dela para o mercado de TI?

Em primeiro lugar, um bom profissional deve ter conhecimento amplo sobre os diferentes sistemas, já que pode acabar sendo chamado para uma empresa que utilize este sistema em suas máquinas. Por ser um sistema open source (código aberto), as empresas têm cada vez mais implementado em seus computadores - algumas inclusive exigem a certificação LPI para contratar um profissional de TI - e encontram dificuldade em encontrar profissionais de TI capacitados para lidar com este sistema.

Além disso, o próprio mercado reconhece esta certificação como imprescindível, já que está entre as 10 mais procuradas do mundo. Ou seja, as empresas já reconhecem que um bom profissional sabe avaliar a importância dela para sua carreira.

Quem está certificado para sistemas GPU/Linux tem amplo conhecimento sobre toda e qualquer versão deste sistema, pela prova ser baseada no Linux Standard Base, uma série de normas que são usadas em todas as versões distribuídas do sistema operacional. Ou seja, se você possui uma visão ampla da sua carreira, querendo estar preparado para trabalhar em qualquer empresa mais séria, investir nesta certificação torna-se essencial.

Ter um certificação Linux ou LPI é um grande diferencial para sua carreira

Como conseguir a certificação Linux?

Em primeiro lugar, é preciso lembrar que qualquer prova de certificação em TI é uma forma de atestar seu domínio em determinado tema. Por isso, ela possui alto nível de exigência de conhecimentos por parte do profissional. Então, deve se estudar muito sobre este sistema operacional.

Depois é preciso criar um LPI-ID. Este é um número de identificação seu no sistema do LPI. Com ele você acessará o sistema para conferir agendamento da prova, o status da avaliação e também para obter a comprovação da sua certificação. Entre no site oficial da LPI e faça seu registro, guardando o número que será atribuído a você.

Quando se sentir preparado, procure um centro autorizado VUE ou Prometic para realizar a prova, como a Impacta Certificação e Treinamento, que oferece ainda cursos preparatórios para buscar a sua certificação.

Prepare-se para a certificação LPI!

Alguns cursos de Linux te ajudam a aprender, de maneira prática e completa, tudo sobre a utilização do sistema Linux. Além disso, oferecem todo o conhecimento para buscar a certificação LPI.

[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados