Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Conheça 4 Testes de UX em formato de GIFs

Para um designer oferecer um ambiente agradável e uma boa arquitetura da informação aos visitantes de seu website, a criatividade não basta. O profissional que pensa em uma estratégia de experiência do usuário tem que realizar rigorosos testes de UX, que muitas vezes unem técnicas científicas e não-científicas.

Porém, se você não sabe como realizar tais provas e não tem certeza se sabe a diferença entre um mapa de cliques e mapa de rolagem, a agência de web design de San Francisco, Froont, facilitou a sua vida criando 4 Gifs animados, que explicam alguns tipos de testes de UX que são utilizados por empresas como Facebbok, Google e Netflix. Confira:

Teste A/B

Teste A/B é um dos mais utilizados como testes de UX

Teste A/B é quanto você coloca seus usuários em duas versões de design para ver qual tem a melhor performance. Esse tipo de ferramenta é a favorita do Google, por exemplo, que começou a usar esse método ainda em 2000 para decidir quantos resultados de pesquisas colocaria na primeira página. Desde então, a empresa costuma utilizar o teste A/B para praticamente qualquer mudança no design de seu site ou produtos, como na escolha do tom de azul de um aplicativo.

O Facebook é outro gigante da internet que costuma utilizar o Teste A/B como, por exemplo, nas mudanças no seu feed de notícias. A rede social mostra aos usuários diferentes formas de conteúdo e vê qual a se sai melhor.

Mapa de calor

Mapas de calor também são muito utilizados para definir uma estratégia de UX

O teste A/B pode mostrar onde o design é mais efetivo do que o outro, porém, ele não diz especificamente quais elementos os usuários estão focados. É aí que entra o mapa de calor, que serve para analisar onde os olhos dos usuários focam, onde eles clicam (criando o mapa de cliques) ou o quanto eles rolam a página (mapa de rolagem). Essa técnica de teste foi muito útil para acabar com o mito de web design que dizia que todo usuário usa o scroll (rolagem).

Teste de usuário

Realizar testes com usuários é fundamental

Pode até parecer que esse tipo de teste é feito por todos que querem lançar um projeto ou app. Porém, apesar de ser fundamental para ver como o usuário interage com o seu site, muitas empresas acabam não se preocupando com isso, o que pode causar problemas mais complicados no futuro. Um exemplo de empresa que sempre realiza testes de usuário é a Netflix, que faz as análises com novos assinantes para saber se é fácil navegar na plataforma sem ter conhecimento prévio.

Questionário

Fazer questionários também é uma forma de testar a experiência de seus usuários

Este tipo de teste é basicamente uma enquete sobre o design da página. Segundo a agência Froont, o truque para obter sucesso com esse método é ter certeza que as perguntas do questionário são precisas e que você terá pessoas suficientes respondendo. Esse levantamento não precisa ser técnico e tem sido uma ferramenta muito utilizada no design.

Você pode conferir o post original sobre os teste de UX da agência Froont aqui.

Que tal se especializar em UX e Arquitetura da Informação com 2 pós-graduações de uma só vez?

Pós-graduação em Arquitetura da Informação e UX oferece 2 diplomas de uma só vez

A pós-graduação em Arquitetura de Informação da Faculdade oferece um módulo avançado em Usabilidade & Experiência do usuário - UX, garantindo ao aluno duas pós-graduações ao mesmo tempo e uma formação completa em UX.

Baseado na linha de trabalho do reconhecido Massachusetts Institute of Technology - MIT e com uso de um laboratório de usabilidade, o curso trabalha o processo de comunicação, design e tecnologia da informação, desenvolvendo no aluno os conhecimentos e habilidades de planejamento digital, com foco na experiência do usuário e com visão atualizada nas práticas de mercado e tendências a curto, médio e longo prazo. Conheça mais sobre a pós aqui!

[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados