Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Expansão do mercado de TI e demanda por qualificação garantem salários superiores

Em estudo divulgado recentemente pelo IBGE, alguns dados mostraram que profissionais com nível superior no Brasil recebem, em média, salários 219% maiores que os menos qualificados. De uma média salarial de R$ 1295 para quem não possui um curso de graduação no currículo, os números saltam para aproximadamente R$ 4135 entre profissionais formados. Essa diferença se dá sobretudo pela escassez de mão de obra academicamente qualificada no país. Mais de 80% da população economicamente ativa no Brasil não tem nível superior, o que acaba por valorizar imensamente o profissional graduado, garantindo-lhe cargos mais altos e salários superiores. Entre 2008 e 2011 foram gerados mais de 6 milhões de empregos, e o salário do brasileiro de um modo geral aumentou, como reflexo do bom momento econômico do país. O cenário é positivo, mas ainda enfrentarmos grandes desigualdades de remuneração entre homens e mulheres e entre os diversos setores da economia. Há setores com excesso de profissionais aptos, onde acaba pagando-se menos, e setores onde a mão de obra já encontra-se escassa e tende a piorar, como o de TI. Segundo o IDC, já existe um déficit de mais de 39 mil profissionais no país, e esse número deve chegar a 117 mil vagas em 2015, aproximadamente. Não só no Brasil mas em toda a América Latina, a rápida expansão da tecnologia não acompanhou a formação de profissionais, gerando um déficit de 27% na relação de oferta x demanda por profissionais da área. O mercado segue em crescimento apesar de tudo, e novas vagas na área não param de surgir. Para o profissional que souber aproveitar as oportunidades, o futuro é promissor. Pouca competitividade e a grande oferta de emprego na área garantirão ao profissional, sobretudo o qualificado com nível superior, a possibilidade de uma carreira estabilizada e rentável. Sendo assim, o peso da graduação no currículo permanece sendo de suma importância e fator determinante para o sucesso profissional. Para mais informações sobre oportunidades de garantir o futuro no setor, consulte os cursos de graduação da Impacta em www.impacta.edu.br
[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados