Minha Conta
Recuperar Senha

Digite seu endereço de e-mail que foi cadastrado e enviaremos seus dados de acesso.

Minha Conta

A senha deve conter no mínimo 6 caracteres.

Ao se cadastrar, você concorda com a Política de Privacidade e Segurança

Mudar Data: Photoshop CS6 Módulo I
Preço
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
15/09 a 26/09 Manhã 4000,00
  Itens Preço
Carrinho de Compras
O carrinho está vazio.
INVESTIMENTO TOTAL:0,00

Esqueci minha senha

Foi enviado um e-mail para com os dados de acesso.

Aplicativos do escritório – Novos caminhos no ensino desses programas

Os novos caminhos do ensino no tocante a aplicativos de escritório do tipo Microsoft Office, e que reúne, principalmente, Excel, PowerPoint, Word e Outlook, levam sempre ao mesmo lugar: a constante e inexorável especialização de uso. Cada vez mais empresas e usuários individuais exigem formações com mais qualidade, menos horas e conteúdos focados em sua área de atuação na empresa, ou ainda em suas necessidades profissionais e até acadêmicas. A exigência por qualificação profissional resulta em profissionais melhor preparados, mas também mais focados no negócio e nas ferramentas que irão proporcionar a geração de informação de qualidade para tomada de decisão mais dinâmica e eficaz. O que isso quer dizer? Estamos assistindo há mais de uma década uma busca desenfreada por treinamentos de aplicação e não de conceitos, ou seja, o mercado de trabalho pede uma formação voltada para a aplicação desses softwares no cotidiano das empresas e de seus colaboradores. Não basta um treinamento conceitual, onde tudo ou quase tudo sobre o aplicativo é discutido e visto no campo da hipótese.Torna-se imperativo e essencial o ensino de programas de acordo com a prática das empresas. Hoje o foco é outro e os usuários, de modo mais profissional, me fazem perguntas em treinamentos distintos como as citadas a seguir, sobre algum aplicativo que ensino: Isso serve para quê? Conseguirei aplicar esses conceitos em minhas tabelas de controle e nos meus relatórios gerenciais. Isso tem um uso diário ou é apenas para eu saber como funciona? Onde aplico essa fórmula ou função? São questionamentos como os supracitados que me levam a concluir que o mercado tem uma escassez muito grande de treinamentos voltados para o negócio e para a rotina dos profissionais nas empresas. A tendência dessas formações é a especialização por assuntos dentro dos softwares, ou ainda, por um conjunto de informações que gerarão uma informação de maior qualidade e mais lapidada dinamizando a tomada de decisão e gerando riqueza para as corporações. É claro que sei do número enorme de pessoas que ainda não dominam os conceitos básicos de um software como o Microsoft Excel ou Microsoft PowerPoint, por exemplo. Por isso afirmo que, por conta desse grande número de pessoas, os treinamentos conceituais ainda perdurarão por um bom tempo. Outros sim, sei que treinamentos cada vez mais especializados preencherão lacunas deixadas, inclusive, pela formação acadêmica que mostra de “en passant” alguns poucos conceitos sobre aplicativos de escritório em seus cursos. Todavia, essa desleixo dessas instituições não se justifica, na medida em que os aplicativos de escritório são os softwares mais usados no mundo. Um exemplo elucidativo é o caso do Microsoft Excel. Acompanhei processos de seleção em muitas empresas no começo da década de 1990 e o que se exigia como conhecimento em Excel no Brasil não passava de 5 ou 6 funções matemáticas e o uso correto do conceito de células e tabelas. Sabendo-se SOMA, MÉDIA, MÁXIMO, MÍNIMO, CONT. VALORES E CONT.NÚM, nessa época conseguia-se um bom emprego. Porém, no final da década de 1990 e no começos dos anos 2000, acrescentamos a esse rol, funções lógicas do tipo SE e PROCV. O tempo passou e hoje exige-se todos os conhecimentos anteriores, mais tabela dinâmica, macro e programação VBA. A receita que explica isso é das mais simples:

Qualificação das empresas + qualificação dos colaboradores

=

Maior especialização no uso de programas de computador e aumento na qualidade dos treinamentos ministrados

Todas as vezes, nesses últimos 5 anos em que fui solicitado a participar de uma reunião com clientes para definirmos conteúdo do curso, sempre se preferiu um treinamento focado nas necessidades, aplicativos e ferramentas do cliente. Por isso, a dica é: não importa qual a sua formação acadêmica e qual a carreira que você irá seguir porque sempre você terá que usar uma aplicação, um programa de computador e cada vez mais conhecimento lhe será exigido. Então, começa a estudar e a se especializar agora.  
[fbcomments url="" width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

Artigos Relacionados